X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Horário de Trabalho de Segunda a Sexta 08:00-18:00
Entre em Contato 54 3452.6289

Avaliação Nacional de Vinhos segue critérios rigorosos sendo aplicado com padronização em todo o país

Avaliação Nacional de Vinhos segue critérios rigorosos sendo aplicado com padronização em todo o país

Avaliação Nacional de Vinhos segue critérios rigorosos sendo aplicado com padronização em todo o país

Lucinara Masiero Notícias 241 Views 0 Min. de Leitura

  • Compartilhar com os amigos
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar por E-mail

O público nem imagina o amplo e metódico trabalho de bastidores que faz parte da Avaliação Nacional de Vinhos. Depois de sensibilizar vinícolas de todo o país a inscrever suas amostras na maior degustação de vinhos de uma safra do mundo, a Associação Brasileira de Enologia (ABE), juntamente com a Embrapa Uva e Vinho, parceira técnica do evento, se dedica a recolher amostra por amostra.

Este ano, são 401 amostras de 56 vinícolas. Técnicos percorrem o Brasil, passando de vinícola em vinícola, coletando direto dos tanques de aço inox, das barricas de carvalho ou no próprio estoque em caso de já estarem engarrafadas, as amostras que serão avaliadas. Este trabalho começou segunda-feira, 24, e segue até o dia 4 de setembro, próxima sexta-feira.

 Ao chegar na vinícola, os profissionais coletam nove garrafas de cada amostra inscrita, cada uma com código próprio, sem rótulo, sem marca. Elas são vedadas com rolha no local e acondicionadas em caixas de papelão da ABE, próprias para o transporte. A identificação é feita conforme ficha de inscrição. Tem amostras que vão percorrer mais de 3 mil quilômetros para chegar em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, onde serão avaliadas tecnicamente às cegas por dezenas de enólogos brasileiros como acontece todos os anos no Laboratório de Análise Sensorial da Embrapa Uva e Vinho.

 A qualidade da Safra 2020 traz grande expectativa entre produtores e consumidores, ansiosos para apreciar o resultado deste ano histórico para o vinho brasileiro. Motivada por este desempenho e sempre atenta às tendências de mercado, a ABE fez duas alterações nas categorias de vinhos nesta edição. A primeira é a criação de uma categoria específica para Vinhos Rosés Finos Secos. A segunda, é que a Categoria Vinhos Tintos Finos Secos passa a aceitar, além de 100% varietais, vinhos com corte de uvas tintas finas. As outras quatro categorias seguem iguais: Vinhos Base para Espumante, Vinhos Brancos Finos Secos Não Aromáticos, Vinhos Brancos Finos Secos Aromáticos e Vinhos Tintos Finos Secos Jovens.

 Com a mudança da data do evento de setembro para 7 de novembro, a ABE está trabalhando num novo formato que atenda as exigências do momento vivido em razão do Coronavírus. As novidades serão apresentadas durante o mês de setembro.

  • Compartilhar com os amigos
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar por E-mail
TAGS:
Lucinara Masiero
Lucinara Masiero

Jornalista MTB 16.950 www.conceitocom.com.br @conceitocom

Ler mais artigos do(a) autor(a)

Gostou do conteúdo ?
Deixe seu comentário no artigo: Avaliação Nacional de Vinhos segue critérios rigorosos sendo aplicado com padronização em todo o país, adoramos saber o que você pensa e quais conteúdos te interessam.

Enviando Comentário Fechar

Informativo

As inscrições dos vinhos para a XXIX Avaliação Nacional de Vinhos - Safra 2021 serão feitas mediante o preenchimento de ficha apropriada e pagamento da taxa de inscrição.

485 de 500

Fichas Disponíveis

Inscreva sua Amostra

Onde & Quando?

06 de Novembro de 2021
Bento Gonçalves, RS - Brasil
54 3452.6289
info@anv.com.br